schaeffler 9

Schaeffler completa o seu portefólio de rolamentos com um sistema de medição de ângulos

A Schaeffler apresentou os seus rolamentos axiais de esferas de contacto angular da série ZKLDF, com a opção de um sistema opcional de medição incremental de ângulos integrado (ZKLDFMI), na feira AMB 2022, em Estugarda.

A Schaeffler apresentou os seus rolamentos axiais de esferas de contacto angular da série ZKLDF, com a opção  de um sistema opcional de medição incremental de ângulos integrado (ZKLDFMI), na feira AMB 2022, em Estugarda.

Pela sua capacidade de rodar a velocidades muito altas e terem baixo torque de arranque e baixos níveis de atrito, os rolamentos do tipo ZKLDF são perfeitos para utilização em máquinas-ferramenta de alta velocidade, para maquinagem de metais não ferrosos, plásticos e madeira.  Do mesmo modo, as mesas rotativas de alta dinâmica, na automação industrial, são também uma área de aplicação favorecida. Uma vez que os rolamentos ZKLDF em eixos rotativos costumam ser frequentemente combinados com acionamentos diretos, a integração de um sistema de medição de ângulos foi o passo lógico seguinte. Como todos os outros sistemas de medição de ângulos da Schaeffler destinados à indústria de máquinas-ferramenta, um sistema de medição indutiva de ângulos AMOSIN® é também utilizado nos rolamentos ZKLDFMI.A escala dimensional dos sistemas de medição de ângulos AMOSIN® está fixada no anel interno do rolamento, que foi retificado com precisão e possui um giro concêntrico perfeito. A maior precisão de medição possível é atingida por meio do posicionamento do sistema de medição no plano do rolamento.  A cabeça de medição é aparafusada diretamente no anel externo fixo do rolamento. O sistema de medição indutivo é especialmente resistente a lubrificantes e campos magnéticos. Devido à alta frequência de saída da cabeça de medição incremental, a velocidade máxima do rolamento ZKLDF pode ser totalmente utilizada. O orifício central não é limitado pelo sistema de medição, o que garante liberdade de desenho para a passagem de conexões e condutos.

O sistema incremental tem marcas de referência codificadas. Desta forma, embora o comando tenha de realizar um percurso de referência quando é ligado pela primeira vez, tal percurso é muito curto, visto que o scanner só precisa de ultrapassar 2 marcas de referência. Uma vez concluído o percurso de referência, é conhecida a posição angular absoluta e a maquinagem pode começar.

Schaeffler Iberia, S.L.U.
Tel.: +34 934 803 410 · Fax: +34 933 729 250
[email protected] · www.schaeffler.pt

Translate »