Revista Manutenção

endress 2

Proline Promass Q 300/500 da Endress+Hauser com tecnologia inteligente de 4 tubos

O Promass Q está agora disponível para tubulações maiores com taxas de vazão máximas entre 850 e 2400 t/h (6700 e 18 900 bph).

Mundialmente, mais de 90 milhões de barris de óleo não refinado, gás natural e hidrocarbonetos refinados são produzidos, transportados, armazenados e vendidos para os clientes finais a cada dia. Qualquer medição incorreta resulta em enormes perdas para os fornecedores ou compradores. Isso não acontece com o Promass Q. Graças à sua revolucionária tecnologia de 4 tubos e uma faixa de medição estendida para oleodutos de até DN 250 (10″), os operadores que carregam as estações são apenas um exemplo de quem desfruta desses muitos benefícios.

O Promass Q está agora disponível para tubulações maiores com taxas de vazão máximas entre 850 e 2400 t/h (6700 e 18 900 bph). Além disso, a implantação dessa tecnologia revolucionária permite inúmeras aplicações promissoras na indústria de óleo e gás – por exemplo, um medidor de função altamente preciso para transferência de custódia e medição fiscal ou um equipamento de referência de precisão (medidor mestre) para medições de verificação no local. Tem também um desempenho de medição excelente para líquidos com micro-bolhas graças ao MFT patenteado e a melhor rangeabilidade e estabilidade no ponto zero da indústria. Pode ser usado para temperaturas do processo de até 205 °C ou faixas de temperatura tão baixas quanto –196 °C.

Coriolis flowmeter master

Comparado aos medidores de vazão Coriolis com 2 tubos de medição, os 4 tubos permitem taxas de vazão até 25% mais altas. Isso agiliza todas as operações nos negócios de óleo e gás e economiza dinheiro reduzindo, por exemplo, tempos inertes para a carga e descarga dos tanques de óleo. Outra vantagem é que as perdas de pressão indesejadas são muito menos significativas. Os sensores Promass Q, disponíveis em aço inoxidável e em IP66/67, asseguram uma operação prolongada confiável e de baixa manutenção. Sendo assim, as condições ambientais muitas vezes difíceis na área de alto mar com atmosfera húmida e respingo de água salgada não representam um problema.

Inúmeras medições de teste comprovaram que a tecnologia de medição de vazão da Endress+Hauser é o melhor método para hidrocarbonetos viscosos (óleos pesados, betume, entre outros.) ou fluidos com gás arrastado. Isso é particularmente verdadeiro para Promass Q com tamanhos de linha DN 150 (6″) a 250 (10″). Graças à sua geometria de tubo de medição especial e a tecnologia de 4 tubos inovadoras com 2 pares de tubo de medição independentes (“2 em 1”), é possível realizar as medições de vazão e de densidade de forma incomparável.

Os transmissores Proline 300/500, que podem ser combinados com sensores Promass Q, oferecem inúmeras inovações e oferecem aos clientes um verdadeiro valor agregado nas suas fábricas. Eles incluem WLAN para operações sem-fio e configuração no local, HistoROM para armazenamento seguro dos dados de configuração e do equipamento, bem como a Tecnologia Heartbeat para verificação de diagnóstico, do equipamento e monitoramento de processo.

Endress+Hauser Portugal, S.A.
Tel.: +351 214 253 070 · Fax: +351 214 253 079
info.pt.sc@endress.com · www.pt.endress.com

Translate »