casquilhos

igus: novo tribopolímero iglidur E7 para casquilhos deslizantes eficientes

O iglidur E7 foi concebido especificamente para cargas reduzidas a médias em movimentos oscilantes e suporta pressões superficiais até 18 MPa em movimento.

igus®, Lda.
Tel.: +351 226 109 000
info@igus.pt · www.igus.pt
pt.linkedin.com/company/igus-portugal
www.facebook.com/IgusPortugal

Com especificações como um baixo coeficiente de atrito e um excelente amortecimento de vibrações, o tribopolímero iglidur E7 já deu provas das suas vantagens como elemento deslizante, utilizado na tecnologia linear drylin da igus. Agora, este material foi incluído na gama de casquilhos deslizantes da igus, especializada em polímeros. Desta forma, os utilizadores agora também podem utilizar o iglidur E7 em aplicações com movimentos de rotação ou oscilantes. O baixo coeficiente de atrito do material garante movimentos suaves, reduz a força de acionamento necessária e economiza custos adicionais.

O tribopolímero tem sido utilizado nos elementos deslizantes dos sistemas lineares drylin desde 2012 e nas porcas dryspin desde 2018. O iglidur E7 já deu provas do seu valor em muitas aplicações, tais como em lentes de câmaras, portas de comboios e até impressoras 3D. É especialmente a capacidade de amortecer vibrações deste tribopolímero que convence os utilizadores. Desta forma, a igus melhorou este material de maneira a poder ser integrado na gama de casquilhos. O iglidur E7 foi concebido especificamente para cargas reduzidas a médias em movimentos oscilantes e suporta pressões superficiais até 18 MPa em movimento. O novo material é adequado para casquilhos com flange ou cilíndricos. Encontram-se aplicações também em máquinas de embalagem, em máquinas têxteis e no sector do mobiliário.