Endress+Hauser e segurança cibernética

Endress+Hauser responde às mais exigentes normas de segurança cibernética

Ao alinhar os processos com a IEC 62443-4-1, entre outras coisas, a Endress+Hauser garante que os produtos sejam desenvolvidos desde o início segundo todos os requisitos de segurança em mente e que os componentes que fornece não apresentam riscos.

Com a sua certificação, a TÜV Rheinland confirmou que os processos de desenvolvimento de produto e os ciclos de vida do produto na Endress+Hauser respondem à norma internacional da indústria IEC 62443-4-1 para segurança cibernética. Ao aderir a esta diretriz certificada, a empresa garante que seus produtos contribuam para a fiabilidade e segurança das fábricas dos seus clientes. Os instrumentos de medição e componentes da Endress+Hauser garantem que vários sistemas de engenharia de processo em todo o mundo operem de forma segura e fiável. Para instalações industriais e ambientes de Internet das Coisas Industriais (IIoT), a segurança cibernética é cada vez mais importante. Com a rede e a conetividade cada vez mais prevalentes, é imperativo que as empresas protejam os seus sistemas de produção e tecnologia de automação contra o acesso não autorizado.

Para proteger de forma otimizada os sistemas de produção dos seus clientes, a Endress+Hauser estabelece a base para uma operação segura desde as fases de planeamento e desenvolvimento dos seus produtos e serviços. Em março, a TÜV Rheinland emitiu uma certificação em linha com a norma IEC 62443-4-1, confirmando que este processo de desenvolvimento de produto, bem como o ciclo de vida do produto, responde aos mais altos standards internacionais.

Ao alinhar os processos com a IEC 62443-4-1, entre outras coisas, a Endress+Hauser garante que os produtos sejam desenvolvidos desde o início segundo todos os requisitos de segurança cibernética em mente e que os componentes que fornece não apresentam riscos. Soma-se a isso outras medidas, como análises e revisões de código, testes de penetração e instalação de atualizações de segurança. Um total de 8 áreas diferentes definem como deve ser um processo de desenvolvimento de produto seguro: gestão de segurança, especificação de requisitos de segurança, diretrizes de conceção segura, diretrizes de implementação segura, verificação e validação das propriedades de segurança, gestão de vulnerabilidades, criação e publicação de atualizações de segurança e documentação do produto de segurança.

A Endress + Hauser tem uma longa tradição de investimento em inovação. Em 2020, o IETF recomendou para standard a inovadora tecnologia de segurança CPace desenvolvida pela Endress+Hauser, que fornece acesso a instrumentos protegido por senha. Os pedidos de patentes também estão regularmente em níveis elevados. O Grupo atualmente possui um portefólio de 8900 patentes e pedidos de patentes.

Endress+Hauser Portugal, S.A.
Tel.: +351 214 253 070 · Fax: +351 214 253 079
info.pt.sc@endress.com · www.pt.endress.com

Translate »