igus

igus®: d-rover® permite transmissão de dados à máxima velocidade nos RTG

Hoje em dia os pórticos RTG (rubber tyred gantry) são imprescindíveis…

Hoje em dia os pórticos RTG (rubber tyred gantry) são imprescindíveis nas instalações portuárias de todo o mundo. Através do sistema d-rover®, a igus® oferece uma solução rápida e segura para a transmissão de dados nos pórticos RTG, em cursos até 800 metros de comprimento. A movimentação de contentores é um elemento importante na logística global, desde os portos europeus do mar do Norte até aos portos da costa leste chinesa. Os pórticos de contentores com pneus de borracha, ou RTG, são utilizados para colocar contentores em colunas, lado a lado ou empilhados. Cada vez mais os RTG deixam de funcionar a gasóleo, como era habitual, passando a funcionar apenas com energia elétrica, movimentando-se nos diferentes corredores, ligados a sistemas de alimentação de energia e/ou de dados. A igus® desenvolveu o sistema d-rover® para a transmissão segura de dados, por exemplo, para aplicações com câmaras de vídeo HD nos sistemas RTG. O sistema liga-se rapidamente ao pórtico através de um braço telescópico, que pode recolher e estender, garantindo uma transmissão contínua de dados de alta velocidade. Através dos cabos de fibra ótica chainflex® LWL é possível transferir dados até 10 Gbit/s, mesmo em cursos de 800 metros e mais. Na velocidade de deslocação dos pórticos RTG com o sistema d-rover® não existem restrições.

Além do sistema d-rover®, a igus® oferece o sistema e-rover®, através do qual é possível fornecer facilmente potência aos pórticos RTG motorizados, de forma a reduzir os custos e as emissões atmosféricas poluentes. Assim que um RTG é ligado ao sistema de calha articulada, desliga-se a alimentação com recurso ao gasóleo. Atualmente podem ser utilizados cabos elétricos com uma secção até 180 mm² por fase. O sistema funciona através de um braço telescópico no RTG que pode recolher e expandir. Conseguem-se, assim, simultaneamente duas vantagens: por um lado é possível a conexão automática, e por outro a calha articulada fornece simultaneamente todos os meios necessários ao funcionamento do pórtico RTG. É garantido o fornecimento contínuo de energia e de dados e também é possível compensar desvios horizontais, verticais e desalinhamentos ao longo do curso.

www.igus.pt

Translate »