siemens

Siemens: encomendas dos CTT processadas por um dos sistemas de separação mais modernos da Europa

As transformações dos últimos 15 anos, iniciadas com o aparecimento…

As transformações dos últimos 15 anos, iniciadas com o aparecimento da Nova Economia no início do século e que hoje são fruto da vaga de Digitalização têm-se feito sentir a nível pessoal, profissional e organizacional. Na área do comércio eletrónico, por exemplo, cada vez mais pessoas optam por fazer as suas compras online. Segundo o estudo ‘Economia Digital em Portugal 2009-2020’, apresentado em setembro de 2015 pelo ACEPI – Associação da Economia Digital, o número de portugueses que compra online e que representa 40% dos utilizadores de Internet, duplicou em cinco anos para 2,7 milhões em 2014, ano em que o comércio eletrónico faturou 2,9 mil milhões de euros. O crescimento do comércio eletrónico está a mudar os fundamentos do setor logístico criando desafios adicionais para todos os stakeholders envolvidos.

Foi neste âmbito que a Siemens, através da SPPAL – Siemens Postal, Parcel & Airport Logistcs, forneceu aos CTT uma máquina para o tratamento automático de pequenos pacotes, objetos médios não-mecanizáveis e volumosos. Instalada no principal centro logístico dos CTT, em Cabo Ruivo, esta solução está a ajudar a processar cerca de 2,5 milhões de objetos todos os dias, num total anual de 630 milhões. Os Correios de Portugal são a primeira empresa no Continente Europeu a ter esta solução tecnológica de vanguarda. O sistema está preparado para dar resposta às necessidades do negócio postal, particularmente as resultantes do e-commerce com a China, automatizando o tratamento de objetos de formato não-normalizado a partir das 10 gramas e até aos 12 quilos. Este é mais um passo assinalável no percurso de modernização que os CTT têm vindo a seguir, acompanhando as tendências de mercado. A solução fornecida pela Siemens permite uma grande flexibilidade aos CTT, uma vez que não só está já projetada para responder às necessidades atuais como também permite uma fácil adaptação, com investimentos razoavelmente baixos, a qualquer necessidade que possa surgir de futuro e que se prevê com este mercado em crescimento. O projeto recentemente inaugurado permite aumentar a eficiência, tratar um mix complexo de produtos e apresenta a flexibilidade de se adaptar facilmente ao crescimento do mercado, aspeto extremamente importante na área de e-commerce.

www.siemens.pt

Translate »