Revista Manutenção

Portugal é o 4.º país da EU com menor ambição climática no transporte marítimo

Portugal é o 4.º país da EU com menor ambição climática no transporte marítimo

Um estudo divulgado pela Federação Europeia dos Transportes e Ambiente…

Um estudo divulgado pela Federação Europeia dos Transportes e Ambiente (T&E) da qual a associação ZERO é membro, avalia a ambição europeia como parte do esforço internacional para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa (GEE) do transporte marítimo. Portugal, apesar de ser um exemplo internacional na procura da neutralidade carbónica em 2050, está no grupo dos países da União Europeia com menor ambição nas negociações de um acordo global para reduzir as emissões deste sector.

O estudo baseia-se numa classificação feita através das submissões escritas e orais apresentadas pelos Estados-Membros da União Europeia junto da Organização Marítima Internacional (OMI), com vista a estabelecer um acordo vinculativo para reduzir as emissões de GEE do transporte marítimo, ao nível global.

A classificação inclui os 23 Estados-Membros da UE com área marítima no espaço do seu território, mais o Luxemburgo que apresenta um registro ativo de navios, apesar de não ser uma nação marítima. No topo da lista dos países europeus mais ambiciosos para reduzir as emissões de impacto climático do transporte marítimo, estão a Alemanha, Bélgica e França, seguidos pela Holanda, Espanha e Suécia. Os cinco piores classificados desta lista europeia são Grécia, Chipre, Itália, Portugal e Croácia. Os países europeus com o maior número de navios registados da UE – Malta, Grécia e Chipre – receberam quase exclusivamente uma apreciação negativa, dada a sua quase total falta de ambição durante as negociações de um acordo climático.

Translate »