REIMAN

A manutenção industrial ligada à engenharia com a REIMAN

A Manutenção Industrial consiste num conjunto de práticas operacionais, técnicas e administrativas, com o objetivo de manter, repor ou reparar peças ou equipamentos que desempenhem uma função nos processos produtivos industriais.

A Manutenção Industrial é fundamental pois garante a segurança dos trabalhadores, produtividade e qualidade de vida laboral, o que contribui para as melhores condições de trabalho.

Existem vários tipos de manutenção industrial, mas há 3 tipos que são geralmente considerados: a Manutenção Preditiva, a Manutenção Preventiva e a Manutenção Corretiva.

Manutenção Preditiva

A Manutenção Preditiva é uma estratégia de manutenção proativa, cujo objetivo é evitar avarias. Este tipo de manutenção consiste na análise de dados e algoritmos preditivos pré-definidos, que estimam quando é que uma avaria irá ocorrer. São, assim, programadas as atividades de manutenção, tendo em linha de conta essas previsões.

Manutenção Preventiva

A Manutenção Preventiva consiste em intervenções que previnem avarias e diminuem a probabilidade de um equipamento falhar. Ou seja, é um tipo de manutenção planeada que se realiza mesmo quando um equipamento mantém a sua capacidade operacional.

Manutenção Corretiva

A Manutenção Corretiva é a atividade técnica executada depois da ocorrência de uma avaria e tem como objetivo reparar o equipamento para voltar a funcionar como pretendido, quer pela sua reparação ou por substituição de componentes ou total.

A manutenção aliada à engenharia

Nos últimos anos, as áreas da engenharia mecânica e eletrónica têm revelado um crescimento notório. A integração das 2 engenharias tem sido uma grande mais-valia para diversas funções de controlo. A engenharia mecatrónica – termo que resulta da integração da engenharia mecânica com a eletrónica- engloba um conjunto de sistemas eletrónicos, elétricos, mecânicos informáticos, entre outros, que se unificam e, consequentemente, se adaptam a diferentes contextos e aplicações.

A segurança é, provavelmente, o termo que mais se associa à engenharia mecatrónica, uma vez que esta combina variados processos que oferecem soluções seguras. Por outras palavras, o controlo mecatrónico tem a capacidade de garantir a segurança de diferentes processos e equipamentos, uma vez que regista todos e quaisquer movimentos efetuados nos sistemas.

Embora este seja um tema que está já bastante desenvolvido, as empresas continuam a sentir dificuldades em obter sistemas que sejam adaptáveis a várias tipologias e níveis de segurança. Neste sentido, a Dirak desenvolveu a linha  E-Line, que inclui soluções de fecho mecatrónico que dão acesso a estantes e armários de centros de dados, invólucros exteriores e diversas aplicações industriais. Todos os produtos desta linha podem ser monitorizados e controlados de forma a garantir a segurança das diferentes instalações, quer estejam integrados em sistemas de gestão já implementados ou a ser utilizados autonomamente.

Principais aplicações

Telecomunicações, Data Centers e Gestão de Redes

São muitas as soluções existentes que foram desenvolvidas para garantir a segurança dos dados através de diferentes softwares. No entanto, a proteção física dos centros de dados é também uma prioridade. Sendo os Data Centers os locais de armazenamento de toda a informação fulcral das empresas, a segurança tem de ser acrescida e todas as ações controladas como se de um cofre se tratasse, sendo por isso fundamental controlar e registar todo e qualquer acesso.

Na gestão de redes, existe sempre um enorme tráfego de dados e, por isso mesmo, há cuidados redobrados a ter para que os dados dos clientes não fiquem em risco de segurança. A linha E-line da Dirak revela ser uma grande mais-valia neste contexto de proteção de dados, uma vez que permite que os clientes tenham acesso ao gabinete do servidor e a toda a documentação automática integrada.

As infraestruturas de telecomunicações estão expostas a qualquer tipo de vandalismo e adversidades, uma vez que as caixas estão em locais públicos que não têm qualquer tipo de segurança. Assim, a linha E-Line dispõe de um conjunto de soluções, controladas por um software de gestão, que protegem estas infraestruturas.

Centros de operação

Operar uma máquina ou qualquer outro dispositivo sem qualquer tipo de segurança automatizada pode colocar em risco a vida dos operadores. A pensar na segurança dos seus colaboradores e, consequentemente, dos seus processos de produção, a Dirak incluiu nesta linha um conjunto de produtos que controlam o acesso e o mesmo só é concedido se todos os dispositivos estiverem desligados. Adicionalmente, estes produtos podem ser colocados em zonas industriais onde possa estar em causa a segurança e a manutenção do bom funcionamento.

REIMAN, Lda.
Tel.: +351 229 618 090
[email protected] · www.reiman.pt

Translate »