Revista Manutenção

Drones nas empresas de logística e de e-commerce

Drones nas empresas de logística e de e-commerce

Os drones são, atualmente, ferramentas essenciais em diversas atividades comerciais e ganham espaço…

Os drones são, atualmente, ferramentas essenciais em diversas atividades comerciais e ganham espaço a cada dia que passa. Em 2013, a Amazon iniciou o projeto Prime Air que utiliza drones para entrega, e o sucesso foi tão grande que a empresa já patenteou parte deste sistema tal como o sistema de abastecimento, denominado de colmeias, e que consistem numa torre cilíndrica onde os dispositivos voadores são abastecidos e saem para realizar o transporte dos pacotes. Este sucesso é seguido de perto por outras empresas de referência no mercado da logística e de ecommerce, como a UPS e a DHL, assentes no facto das entregas por estes dispositivos voadores serem muito fiáveis.

Muitos especialistas acreditam que tal como o e-commerce nunca vai substituir a loja física, também nem todos os pedidos serão entregues por dispositivos voadores. Ou seja, eles serão considerados como uma boa opção que as empresas irão adotar para complementar os seus serviços e aproveitar essa mais-valia de um transporte de baixo custo. Mas na prática, não é apenas o setor de entregas, de logística e e-commerce, que beneficiam com a implementação da utilização de drones, porque organismos como a UNICEF têm realizado entregas em drones, de bolsas de sangue, amostras, medicamentos e até vacinas em áreas difíceis de acesso em África, como no Ruanda. E na Suíça há hospitais que já desenvolveram o mesmo sistema para transporte de materiais mais urgentes como sangue.

Translate »