termografia

Termografia e Análise de Óleos

O primeiro tema de 2012 do Dossier Técnico da revista “Manutenção” é sobre “Termografia e Análise de Óleos”.

O primeiro tema de 2012 do Dossier Técnico da revista “Manutenção” é sobre “Termografia e Análise de Óleos”. São dois temas num só, mas que abordaremos em separado.

Termografia

A palavra Termografia tem como origem duas palavras gregas: Therme (calor) e grafia (escrita). É uma técnica que ganha cada vez mais importância na manutenção, por ser um método de ensaio não destrutivo, de análise rápida, económica e potente, e que deteta anomalias sem qualquer contacto físico e sem emissão de radiações. Tem aplicações em diversos campos, tais como: na Medicina, na deteção de doenças; na peritagem de edifícios; na análise das condições de isolamento da envolvente de um edifício; e em instalações elétricas.

Sabemos que todos os materiais emitem calor / energia, na zona de radiação infravermelha, logo, a sua temperatura está relacionada com a quantidade de energia transmitida. O resultado final da medição é a aquisição e análise de temperaturas que são obtidas pelas câmaras termográficas, que conseguem ler essa radiação e, transformando-a, conseguem dar-nos a conhecer a temperatura na superfície do material emissor. Com a variação de cores, em função da temperatura, conseguimos detetar anomalias no interior: do corpo das Pessoas (como por exemplo: tumores); das Estruturas (como por exemplo: análise de deficiências não visíveis em pontes, edifícios, entre outros); dos Equipamentos (como análise dos rolamentos de um motor, de um equipamento elétrico).

No que diz respeito à Manutenção, a Termografia é utilizado como método preventivo e um auxiliar poderoso, permitindo: prever anomalias num componente de uma máquina-ferramenta; detetar maus apertos ou corrosões nos contactos elétricos; analisar quadros elétricos – deteção de maus contactos, cablagem desapertada; efeitos de Sobretensões e/ou Sobreintensidades; inspecionar rolamentos, fusos, entre outros; inspecionar motores elétricos; inspecionar sistemas a Vapor; análise de correias; análise de válvulas e outros sistemas mecânicos sujeitos a movimentos e fricção; verificar o correto funcionamento de “chillers“, sistemas de ar-condicionado ou outros sistemas de refrigeração.

Estes são alguns exemplos de como a Termografia pode dar um importante ajuda no trabalho diário do responsável da manutenção de uma unidade industrial, de um navio, de um avião, de um hospital.

Análise de óleos

A análise de óleos é uma ferramenta importantíssima na Manutenção Preventiva dos equipamentos dinâmicos, pois com a realização de ensaios laboratoriais, obtém-se informações precisas sobre o estado dos equipamentos para posterior análise por parte do responsável da manutenção. Tem como objetivo determinar o momento ideal para a substituição do óleo de um componente lubrificado ou de um circuito hidráulico, através da análise do grau de degradação ou de contaminação do mesmo, permitindo acompanhar o desgaste dos materiais dos equipamentos, sem paragens para verificação do estado das diversas peças; detetar anomalias, com a análise do óleo e seus componentes; reduzir as paragens inesperadas de produção.

Há uma diversidade de testes que podem auxiliar a manutenção, a saber: Aparência – análise do aspeto de uma amostra, quanto à limpidez, emulsão, presença de borras, entre outros; Ponto de Fulgor – através de um aquecimento do lubrificante poderemos medir uma determinada quantidade de vapor, que em presença de uma chama se inflama; Viscosidade – é a resistência do fluido ao escoamento. Deveremos ter atenção à presença da água, de sólidos em suspensão e outros produtos; Presença de água no lubrificante; Oxidação do óleo, ou seja, uma deterioração química do óleo.

Poderemos mencionar muitos outros testes, mas deixaremos os especialistas apresentarem mais pormenores. Pensamos que o que atrás foi escrito despertará a atenção dos colegas e leitores para a importância dos temas escolhidos.

Raúl Dória

O dossier “Termografia e Análise de Óleos” é composto pelos seguintes artigos:

  • Termografia e as suas aplicações
    • SGS – Nuno Gonçalves
  • Falhas graves em transformadores elétricos devidas ao sulfureto de cobre
  • ANAC INDUS: Análise de lubrificantes para aplicações industriais
  • Deteção de ligações elétricas soltas ou oxidadas

Para ler o artigo completo faça o download gratuito da revista “Manutenção” nº112. Verifique o seu email após o download. Pode também solicitar apenas este artigo através do emaila.pereira@cie-comunicacao.pt

      Selecione as sua(s) área(s) de interesse

      Utilize a tecla Ctrl para selecionar mais que uma opção

    Outros artigos relacionados

    Translate »