Revista Manutenção

Dossier

Digitalização no segmento industrial

A Indústria em geral já é altamente automatizada e compreende o potencial da tecnologia. Embora a manutenção reativa continue a desempenhar um papel, incorporar a Analítica Industrial orientada pela IA oferece novas possibilidades significativas de poupança de custos.

Sistemas inteligentes na manutenção preditiva –previsão com modelos neuronais

A crescente sensorização, aliada à capacidade de transferir, armazenar e analisar dados, permite tirar partido de modelos de aprendizagem computacional para processar dados em tempo quase real. Para a manutenção, estes métodos permitem diagnosticar falhas bastante cedo, ou até prevê-las antes que aconteçam. Os modelos de aprendizagem computacional, designadamente redes neuronais, têm ganho atenção crescente. No presente artigo dá-se o exemplo concreto de aplicação de uma rede recorrente na previsão dos valores de temperatura e outras variáveis para uma prensa de pasta de papel, onde se conseguem erros muitas vezes inferiores a 10%.

Quão importante é analisar o seu óleo?

Imagine o presente cenário comum no setor industrial: uma peça crítica de um determinado equipamento quebra, sem que ninguém tenha visto o colapso ou tenha sequer antecipado a situação. O problema conduz à paragem da produção, até que o componente possa ser reparado ou substituído. Nesse período de tempo, a produtividade da unidade é afetada com quebra nas receitas, conduzindo igualmente a uma perda de satisfação dos clientes, dado os possíveis atrasos que a situação originará. Todas essas dores de cabeça poderiam ser evitadas? Sim, através da realização de análises de óleo simples e rotineiras.

Translate »