Lubrificantes

Lubrificantes

Devido à sua importância na manutenção, os “Lubrificantes” têm um destaque neste Dossier Técnico.

Devido à sua importância na manutenção, os “Lubrificantes” têm um destaque neste Dossier Técnico.

A mais antiga referência à lubrificação e aos lubrificantes data do ano 1.700 A.C., contida numa gravura encontrada no Egito.

É do conhecimento geral que o lubrificante é um produto (película de um determinado fluido) que deve ser colocado entre duas superfícies que se movam relativamente uma à outra (impede o contacto direto, quer sejam móveis ou uma fixa e outra móvel) e que tem por função principal:

  • reduzir o atrito, o desgaste e o ruído das peças;
  • proteção contra a corrosão e oxidação;
  • evitar o aparecimento de impurezas;
  • e ser agente de transmissão de força e movimento;

A utilização de um bom lubrificante prolonga a vida útil dos componentes dos equipamentos. Os óleos lubrificantes podem ser:

  • derivados de petróleo (óleos minerais) – os mais importantes para utilização em lubrificação;
  • de origem animal ou vegetal (óleos orgânicos);
  • produzidos em laboratório (óleos sintéticos);
  • constituídos pela mistura de dois ou mais tipos (óleos compostos).

As principais características dos óleos lubrificantes são a cor, a viscosidade, o índice de viscosidade (IV) e a densidade.

Fluidos de Corte

Também temos de referir a existência de Fluidos de Corte (sintéticos ou não) que são lubrificantes utilizados em operações mecânicas com metais como (i) o Torneamento, (ii) a Furação, (iii) a Fresagem e (iv) a Roscagem.

Têm como atividades principais:

  • o arrefecimento das peças com a consequente redução dos desgaste das ferramentas;
  • a lubrificação;
  • a melhoria do acabamento superficial;
  • a remoção de aparas.

Aditivos

São produtos químicos adicionados aos lubrificantes (especiais), caso não correspondam à especificação pretendida – por exemplo um lubrificante para as indústrias cimenteiras ou para siderurgias. Alguns tipos de aditivos são: anti-corrosivos, anti-espumantes, detergente-dispersante, melhoradores do índice de Viscosidade, agentes de extrema pressão, entre outros. Os trabalhos a seguir apresentados abordarão alguns dos temas atrás referidos, como a importância de um bom lubrificante e a consequente lubrificação.

Raúl Dória

O dossier “Lubrificantes” é composto pelos seguintes artigos:

Para ler o dossier completo faça o download gratuito da revista “Manutenção” nº113. Verifique o seu email após o download. Pode também solicitar apenas este dossier através do emaila.pereira@cie-comunicacao.pt

      Selecione as sua(s) área(s) de interesse

      Utilize a tecla Ctrl para selecionar mais que uma opção