Revista Manutenção

Facility Management

Facility Management

O que se entende por Facility Management (F. M.)? A que diz respeito?

O que se entende por Facility Management (F. M.)? A que diz respeito? Nas
páginas seguintes serão abordados os diversos aspetos da F. M.

Há umas décadas atrás, em Portugal, a Manutenção Industrial “abarcava todas as artes relacionados com a manutenção de uma instalação industrial”. Com o aparecimento dos Centros Comerciais e com o despontar da atenção das pessoas para os locais de trabalho (onde passamos a maioria do dia), houve uma alteração da filosofia que imperava na manutenção das instalações, apesar das especialidades serem idênticas.

Deu-se o “aparecimento” de uma área profissional chamada Facility Management (F. M.). Este conceito aplica-se a setores de atividades tão díspares, como a Saúde e Segurança, Segurança contra Incêndios e de Pessoas, Sistemas de Elevação e de Transporte, Comercial, Industrial, entre outros. Os Facility Managers são responsáveis pela gestão integrada (multidisciplinar) e manutenção dos diversos locais de trabalho (gestão de imóveis). Coordenam e supervisionam as diversas equipas de especialidades/profissões, quer sejam próprias quer sejam subcontratadas, de modo a permitir a integração das pessoas, dos espaços, das infraestruturas e das diversas tecnologias, para a obtenção de ótimo local de trabalho.

As atividades no âmbito dos contratos em F. M. devem responder, de forma
eficaz às exigências (funcionais) de cada instalação.

As atividades do Facility Management podem ser divididas em:

  • Multitécnicas – compreendem a gestão, exploração e manutenção de instalações técnicas e especiais, tais como AVAC, instalações elétricas, deteção de incêndio, informáticas, sistemas de energia e de fluidos, tratamento de águas, elevadores, entre outros;
  • Multiserviços Gerais – consiste na prestação de serviços que incluem todas as tarefas que não são o core business de cada empresa (são as chamadas tarefas marginais). Os Serviços de Segurança, a Manutenção de Jardins e espaços verdes, Limpeza geral do edifício, Gestão de Parques de estacionamento, Distribuição de Correio são alguns exemplos de atividades desta atividade;
  • Gestão Delegada – constitui um complemento dos Multiserviços Gerais. Através de um sistema informático, é assegurado um controlo dos todos os custos/despesas, para além da coordenação de todos os serviços, permitindo a repartição dos encargos pelos diferentes centros de custos;
  • Gestão Global – consiste em delegar a responsabilidade total pela gestão de uma ou várias instalações, o que garantirá a coordenação global de uma determinada tarefa/projeto.

A opção por um das atividades acima referidas tem por finalidades conservar/valorizar o valor patrimonial do bem, controlar os custos de funcionamento e da qualidade do serviço, por forma a poder estar e concorrer num mercado local, regional, nacional e global. Esta atividade está regulamentada por normas e definições, quer a nível global (ISO), quer a nível europeu (EN), quer a nível de alguns países (BSI, DIN, UNI).

Raúl Dória

O dossier “Facility Management” é composto pelos seguintes artigos:

  • Melhorar o desempenho industrial: as máquinas de papel existem para produzir
  • Porque precisa a sua empresa de um Facility Manager
    • Marco Pinto Paulo
  • Prevenção da doença dos legionários

Para ler o dossier completo faça a subscrição da revista e obtenha gratuitamente o link de download da revista “Manutenção” nº114/115. Pode também solicitar apenas este dossier através do emaila.pereira@cie-comunicacao.pt

artigo
ver artigo

Outros artigos relacionados

Translate »