visão do futuro

Com a igus já é possível ter uma visão do futuro, sem bola de cristal

Graças aos plásticos inteligentes, a manutenção torna-se fácil e previsível.

Termos sonantes como a “digitalização”, “Internet das Coisas”, “Indústria 4.0” e “produção inteligente” já não são uma uma visão do futuro, mas termos meramente académicos; estão gradualmente a tornar-se parte do quotidiano normal das empresas. Graças ao “deep learning”, os robots utilizados na produção já realizam tarefas complexas, e os tablets e outros dispositivos semelhantes são essenciais como parte do equipamento básico dos gestores de projetos e da manutenção. Atualmente este desenvolvimento é caraterizado pelo facto da gestão e avaliação dos dados ser uma peça chave nas empresas e destes terem um papel fundamental.

A digitalização começou com uma ideia que se tornou conhecida como a “Internet das Coisas” (IoT), a interligação de objetos físicos e virtuais numa infraestrutura global. Por exemplo, um tinteiro de uma impressora está quase a ficar vazio e dois cliques no rato são suficientes para assegurar a entrega de um tinteiro de substituição.

O objetivo é tornar mais eficiente a rede de interligação dos sistemas de produção, produtos e pessoas, produção ou distribuição. Desta forma, as máquinas comunicam entre si e trocam informações sobre o seu estado, as peças em produção e potenciais mensagens de erro.

igus®, Lda.
Tel.: +351 226 109 000 · Fax: +351 228 328 321
info@igus.pt · www.igus.pt
pt.linkedin.com/company/igus-portugal
www.facebook.com/IgusPortugal

Para ler o artigo completo “Com a igus já é possível ter uma visão do futuro, sem bola de cristal” faça o download gratuito da “Manutenção” nº142/143. Verifique o seu email após o download. Pode também solicitar apenas este artigo através do emaila.pereira@cie-comunicacao.pt

      Selecione as sua(s) área(s) de interesse

      Utilize a tecla Ctrl para selecionar mais que uma opção