RCM

Reliability Centered Maintenance (RCM) – implementação e benefícios

Uma organização pode ter dificuldade em se manter competitiva
sem ter novas técnicas de gestão numa economia em constante mudança.

Uma organização pode ter dificuldade em se manter competitiva
sem ter novas técnicas de gestão numa economia em constante mudança. Neste momento o mundo está a passar por uma fase mais crítica e desafiadora causada pelo Covid-19, o que tem feito com que as organizações tomem decisões diárias em função da evolução pandémica e das reações globais à mesma. Vamos aproveitar este período para analisar a nossa manutenção como um todo e clarificar o que podemos melhorar. A metodologia que vamos apresentar neste artigo será uma opção que pode seguir e implementar num pós-quarentena.

A RCM é uma metodologia que pode ser vista como uma ótima oportunidade para responder positivamente ao mercado competitivo que existe atualmente e em que as empresas têm de se manter atualizadas.

A implementação desta metodologia, que serve para otimizar as estratégias de manutenção de uma organização, irá impulsionar o aumento da produtividade da empresa, bem como impactará na sustentabilidade da mesma.

O presente artigo tem como objetivo dar a conhecer a metodologia RCM e como implementá-la na prática, apresentando ainda dados estatísticos resultantes de um inquérito efetuado a diversas empresas portuguesas e internacionais de diferentes setores.

Catarina Barros
Navaltik Management, Lda.

Miguel Massala
Mestrando em Engenharia e Gestão Industrial, Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Para ler o artigo completo faça o download gratuito da revista “Manutenção” nº146/147. Verifique o seu email após o download. Pode também solicitar apenas este artigo através do emaila.pereira@cie-comunicacao.pt

      Selecione as sua(s) área(s) de interesse

      Utilize a tecla Ctrl para selecionar mais que uma opção

    Outros artigos relacionados

    Translate »