MEWA: inovação para maior segurança em fábricas e oficinas

MEWA
Tel.: +351 215 557 518
www.mewa.pt

Para proteger as pessoas e o ambiente, o Estado português coloca requisitos exigentes quanto ao armazenamento e transporte de resíduos industriais. Naturalmente estes são válidos também para panos de limpeza e esteiras de retenção de óleo. Quem confiar no sistema de reutilização da MEWA em relação a estes produtos, está duplamente assegurado: por um lado, os colaboradores, a fábrica ou oficina e o ambiente estão perfeitamente protegidos e, por outro lado os requisitos legais estão a ser cumpridos a 100%. A MEWA é uma referência mundial em gestão têxtil com uma experiência de 110 anos.

Ferramentas, máquinas, chãos – em fábricas e oficinas há sempre muito para limpar. Mas o que fazer com os panos depois de os utilizar? Armazenar e despachar os panos significa um enorme desafio para muitas fábricas e oficinas. Não é fácil nem barato cumprir com todas as normas. Além disso há o perigo de incêndio quando o material de limpeza utilizado – por exemplo para apanhar dissolventes – é armazenado aberto: os resíduos podem reagir com o oxigénio do ar e incendiar o material de limpeza. Por isso, o balde aberto no canto com panos de limpeza usados devia ser passado. Quem apostar em inovação nesta questão, ganha segurança e tem menos uma carga: a empresa alemã MEWA oferece uma solução de serviço integrado que é económica, confortável e ecológica.

O assunto “pano de limpeza” é simplesmente entregue à MEWA, que disponibiliza a quantidade ideal de panos com o MEWA SaCon, o contentor de segurança com fecho hermético, para armazenar e transportar os panos utilizados de forma segura. À hora combinada, a MEWA recolhe os panos usados, lava-os e devolve-os a tempo. O pano de limpeza da MEWA é de malha. Graças à sua qualidade superior pode ser lavado até 50 vezes antes de ser substituído. Com o seu inteligente sistema de reutilização, a MEWA é um forte parceiro para empresas de pequena, média e grande dimensão, já que a quantidade dos panos e o ritmo de fornecimento são combinados individualmente.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta