Contributos das cadeias de Markov na disponibilidade dos ativos físicos e da economia circular (1ª parte)

É amplamente reconhecido que, no século XXI, o aumento exponencial dos sistemas de informação digitais, com consequentes impactos na inovação podem criar novas e significativas fontes de valor para os cidadãos e para as economias, criando também novos desafios para os reguladores e para os decisores políticos. Neste contexto, a Indústria 4.0 surge como uma evolução dos sistemas produtivos industriais que garante benefícios, como a redução de custos, de energia, do aumento da segurança e da qualidade, e a melhoria da eficiência dos processos.
Compreender e aproveitar o potencial desta “Quarta Revolução Industrial”, para a sociedade, a economia e o meio ambiente é determinante para o sucesso empresarial.

Carregue no botão abaixo e veja o artigo “Contributos das cadeias de Markov na disponibilidade dos ativos físicos e da economia circular (1ª parte)” da revista Manutenção nº138/139.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta