Fortune coloca ABB entre as empresas Top 10 na lista “mudar o mundo”

ABB, S.A.
Tel.: +351 214 256 000 · Fax: +351 214 256 247
comunicacao-corporativa@pt.abb.com · www.abb.pt

A ABB foi nomeada #8 na revista Fortune no ranking “mudar o mundo” pelos esforços da empresa para acelerar a adoção de energia limpa de transporte elétrico. A lista, segundo a Fortune, homenageia as empresas que “tiveram um impacto social positivo através de atividades que fazem parte de sua principal estratégia de negócio.” Ao nomear a ABB para o Top 10 no seu quarto ranking anual, a Fortune colocou a empresa num grupo de prestígio. Outros homenageados incluíram a farmacêutica Merck pelo uso da sua vacina contra o vírus Ébola este ano na República Democrática do Congo. A Fortune também distinguiu a Reliance Jo, operadora de rede móvel indiana, por fornecer o “oxigénio digital” em smartphones e banda larga para mais de 200 milhões de assinantes na Índia em menos de 2 anos.

O CEO da ABB, Ulrich Spiesshofer, disse que o ranking da Fortune era a validação da liderança da empresa e o compromisso com a e-mobilidade como forma de dissociar o crescimento económico global das mudanças climáticas. “A ABB está empenhada em gerir o mundo sem consumir a terra”, disse Spiesshofer. A ABB, cujo portefólio de e-mobilidade inclui carregamento e soluções de energia para comboios, autocarros e navios, desenvolveu carregadores para carros que pode acrescentar cerca de 200 quilómetros de autonomia em menos de 8 minutos.

“À medida que os veículos elétricos vão ganhando mais popularidade“, escreveu a Fortune, “a ABB instalou mais de 7000 estações de carregamento rápido em todo o mundo, economizando cerca de 2 milhões de litros de gasolina ao longo dos últimos 7 anos. O negócio de carregamento registou um crescimento com uma receita anual de 2 dígitos desde 2015. O que vem a seguir: o plano de uma América eletrificada com centenas de estações de carregamento nos EUA no próximo ano.” Os critérios da Fortune para a sua lista “mudar o mundo” incluem o grau de inovação nas tecnologias de uma empresa e os benefícios para a rentabilidade e valor para os acionistas do seu impacto social positivo. No 2.º trimestre, a ABB apresentou um crescimento do lucro líquido anual de cerca de 30%, para 681 milhões de dólares, com o aumento da faturação de 8889 milhões de dólares.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta